Passagens Aéreas Dicas » Passagens » As exigências para um intercâmbio em países europeus e asiáticos

As exigências para um intercâmbio em países europeus e asiáticos

Viajar para fora do país, ainda mais estudar, não é uma tarefa fácil. Dúvidas sobre onde fazer seu intercâmbio ou qual ambiente se adaptar surgirá. Para ajuda-lo em sua escolha confira as dicas que daremos aqui e entenda mais sobre os requisitos e restrições dos países europeus e asiáticos.

     

Intercâmbio

Fazer intercâmbio é o sonho da maioria dos estudantes que estão em período universitário ou ainda no Ensino Médio. A ideia de viajar à um país diferente, conhecer pessoas e culturas únicas é extremamente valioso e convidativo. É por isso que muitos deles acabam se aventurando por aí.

Os dois principais continentes que chamam atenção dos estudantes brasileiros são a Europa e Ásia. Os estudantes preferem o glamour das ruas de Paris ou o a riqueza cultural de Roma. Já quem vai à Ásia está de olho na história e no sabor de viver uma vida completamente diferente do que se está acostumado, esse é o destino preferido dos aventureiros.

Se você ainda está em dúvida de onde fazer seu intercâmbio, primeiramente coloque sobre a mesa todas as suas necessidades. Quer aprender uma profissão específica ou somente o inglês? Se for o inglês, o melhor destino é toda região europeia, mas se quer se especificar em determinada área (principalmente tecnológica), os asiáticos estão bem a frente.

Países europeus

Os países europeus são indicados para todos aqueles estudantes que desejam conhecer mais sobre o inglês. Você irá se deparar com belíssimos lugares, pontos turísticos e ambientes completamente voltadas ao conhecimento. Conheça alguns destinos específicos para um intercâmbio.

» Irlanda

» França

» Inglaterra

» Roma

» Paris

Se você está pensando em fazer seu intercâmbio na Europa, faz bem. Aprenderá muito sobre a língua, até mesmo pegará algo do francês. Estará muito próximo dos estudos mais avançados do mundo, podendo cursar faculdades realmente importantes e que farão toda diferença em seu currículo.

O único problema é que na Europa é mais difícil conseguir trabalho (são muitos interessados), a não ser que a sua agência esteja com tudo preparado para você (o que sempre acontece). Além do que, a comida é um tanto parecida com a nossa, o que impedirá que tenha problemas com alimentação, o que ocorreria facilmente caso fosse para qualquer outro destino asiático.

Países asiáticos

Já os países asiáticos são indicados para todos os estudantes que desejam a formação específica em determinada área, principalmente relacionado a informática, tecnologia em geral. Não é atoa que eles são conhecidos como os melhores do mundo em equipamentos de alta tecnologia.

Além disso, alguns países como China e Índia estão em fase de crescimento e modernização. Você poderá aprender muito com esse período da vida deles, sem contar que, embora você esteja fora do ambiente dos ingleses poderá aprender inglês de qualidade, considerando que há melhor qualificação lá do que no Brasil. Principais países:

» China

» Índia

» Japão

Os destinos citados acima são vantajosos principalmente por serem baratos (exceto Japão). Existe uma grande demanda de empregos gritando por profissionais. Você estaria empregado antes mesmo de embarcar em qualquer um desses países. Além do que, a cultura é extremamente rica e diferente.

Requisitos para ambos os destinos

Existem algumas restrições e exigências estabelecidas unicamente pela escola ou universidade em que pretende frequentar. Contudo, as especificações para aqueles que desejam fazer um curso no exterior são basicamente as mesmas. Quando essas não são respeitadas, dificilmente você consegue chegar a seu objetivo. É necessário:

» Ser maior de 18 anos

» Não é preciso saber falar inglês

» Visto de estudante

» Algum conhecimento sobre o país para onde vai

» Possuir carta original de confirmação de seu registro na instituição de ensino

» Passaporte

» Comprovação de renda no mínimo de $3.000,00 euros para viajar

Intercâmbio é a melhor maneira de conhecer novos países e ainda estudar inglês

Intercâmbio enriquece qualquer individuo, até porque é uma troca de experiência cultural.
(foto: reprodução)

Algumas instituições proíbem que o aluno faça ingestão de drogas ilícitas ou lícitas e até mesmo dirija. É obrigatório trabalhar e estudar em períodos estipulados pela própria escola. Boas notas e ótimo desempenho são fatores chaves para prosseguir ou interromper o intercâmbio.

Para mais informações, você precisará contactar a agência. Somente ela poderá indicar as orientações concretas para o seu caso. Escolha muito bem seu destino e esteja ciente de que poderá sofrer com a falta da família e até mesmo com as diferenças expressas de um lugar para outro.

Procure também algum destino que tenha “a ver” com você. Se é aventureiro, conheça algum lugar que apresente mais esportes ao ar livre e grupos de pessoas com o mesmo interesse. Se prefere os estudos, escolha uma universidade que realmente apresente o conteúdo esperado por você e boa viagem!

Textos Relacionados:


Quer comentar ?