Arquivo da tag: Argentina

Viagem para Argentina precisa de passaporte?

Viagem para Argentina

Viajar para outro país é sempre uma experiência nova. Tem gente que faz com frequência, enquanto outros estão pegando o avião para o destino pela primeira vez. Na hora de viajar ao exterior, muitas dúvidas começam a rondar nossa cabeça, principalmente no que diz respeito a documentação.

É comum que muita gente fique apreensiva, sem saber o que realmente é verdade ou mito entre as informações lançadas ao vento da internet. Por isso, nós transmitiremos informações confiáveis a você que não sabe exatamente como proceder, quando a pergunta é:

Posso viajar à Argentina sem passaporte?

Não precisa de muita pesquisa para saber que a resposta é SIM. Você pode viajar, porém, não é muito recomendável. Um acordo feito a algum tempo, começado pelo Mercosul, tomou outros países (exceto Guianas). Ele denota que qualquer cidadão sul-americano tem o poder de viajar entre países como:

  • Argentina
  • Bolívia
  • Chile
  • Colômbia
  • Equador
  • Paraguai
  • Uruguai
  • Venezuela
É recomendável que retire o passaporte mesmo para viagens a países vizinhos.

Passaporte (Foto: Reprodução)

Apenas tendo em mãos a identidade, RG (lembrando que a carteira de motorista não pode ser substituir nesse caso). Embora isso pareça muito bom, é melhor ter cuidado. Essa facilidade é algo interessante, mas você pode ser pego e até “barrado” na hora de entrar na Argentina.

Inicialmente, o seu RG não pode estar velho. Nada de rasuras, fotos de quando era jovem e partes rasgadas. Se não estiver perfeitamente reconhecível na foto, acaba voltando para casa. Existe um mito que ronda o assunto, denotando que só são válidas as carteiras que forem emitidas a menos 10 anos.

Outro ponto que também pode lhe dar dor de cabeça é estar sob a “boa vontade” de outrem. Por exemplo, é possível que o guardinha da fronteira do país não lhe deixe passar, alegando que sua carteira está velha. Como se não bastasse, até a moça do check in tem esse poder de te “barrar”.

Alguns funcionários até pedem propina para liberar os que estão “meio fora” do padrão. É por isso que o mais recomendável é que você tenha o seu passaporte em mãos. Ele evita um monte de problemas e ainda te deixa mais seguro para seguir viagem, sem a interrupção de ninguém.

Lembrando sempre que os passaportes devem ser renovados sempre. De qualquer forma ele não substitui o RG, para se locomover no país, é importante que mantenha o RG sempre em mãos. Também poderá conferir as informações do Consulado da Argentina no Brasil, clicando aqui.

Qual moeda levar para Argentina?

Qual moeda levar para Argentina?

Viajar para um país diferente do nosso requer alguns cuidados. Precisamos entender ao menos um pouco sobre a cultura, pontos turísticos e até mesmo sobre o dinheiro. Exatamente, muita gente vai viajar e não se preocupa com esse detalhe tão importante que pode fazer total diferença.

Embora existam muitas casas de câmbio em todos os países turísticos, é sempre bom saber quais os tipos de moedas são aceitáveis e qual a mais interessante a ser usada. Na Argentina, por exemplo, eles aceitam dólar, peso argentino e até real. Embora o peso seja o mais óbvio, não chega a ser o mais vantajoso.

O peso argentino desabou em 12% tendo em vista que isso ocorreu em apenas 24 horas, exatamente por esse motivo não é indicado que se for viajar para fora, utilizar essa moeda. Moedas estão tendo oscilações de valor todo o tempo, então fica difícil dizer qual a melhor.

Dólares e pesos argentinos, as duas moedas mais equivalentes na Argentina.

Dólares e pesos (Foto: Reprodução)

Contudo, você pode ser mais esperto do que isso. Na época em que for viajar, faça uma pesquisa de valores em até uma ou duas semanas antes do embarque. Dessa forma, terá consciência de qual moeda está mais valorizada e consequentemente fazer bons negócios.

Geralmente quem está na frente da valorização é o dólar. Mas em algumas épocas ele chega a ter validade menor que 2 reais, portanto, é interessante ficar de olho. Na Argentina, a maior parte das barracas muambeiras e outros estabelecimentos possuem venda através de dólares e reais.

Se você achar viável, utilize seu real. O dinheiro é valorizado por lá, isso permite que compre mais e gaste menos. Uma boa dica é pechinchar. Assim como em qualquer outro lugar do mundo, a pechincha pode ajudar a comprar mais por menos, mas as vezes fazer a troca por pesos argentinos também é interessante.

A dica é que você procure alguém especializado para fazer essa troca com você, principalmente por causa dos “espertinhos” que geralmente se dispõem ao serviço. A troca de que tanto falamos, é realizado através de casas de câmbio ou ambulantes que prometem fazer um “negócio melhor”, fique atento.

Afinal, qual é o melhor?

Considerando tudo que foi dito acima, você deverá também perceber o que pode ser viável a você na época de seu embarque ou também trocar dólares por pesos. Estima-se que há localidades na Argentina que é possível trocar 1 dólar por até 13 pesos, em outros por até 8 pesos.

Enquanto isso, o real tem disponibilidade para comprar apenas 3,33 pesos, em outros locais é possível que 1 real chegue a valer 5,40 pesos. O ideal é que você compre dólares e os troque por peso, mas fique atento para não ser roubado e nem enganado na hora da troca, seja firme e negocie corretamente.